A estrelinha

Vuelo-a-la-Libertad-cuadro-de-Marta-Batalla

À noite, antes de dormir, a menina pedia-lhe uma estrela. A mãe sorria, sacava o braço pela janela, esticava-se para fazer de conta que apanhava uma e, com um beijo, depositava-a na testa da criança. A seguir, cantava-lhe algumas canções que tinha aprendido da avó. Velhas cantigas que narravam a paixão do sol pela lua, e contavam que as estrelas surgiram desse amor. Feliz, a menina sonhava com uma estrela pequenina que viajava desde o céu até a cabeceira da sua cama para niná-la. A mãe lembrava-se da infância, e trancava a porta. Temia que a estrela enamorada levasse sua filha. Por isso, abraçada ao berço, passava a noite em vela, e cantava:”lua da meia noite vela seu sonho até que o sol renasça, e a estrela apaixonada retorne à casa”.

miniconto da minha autoria publicado em diminuto.me

Anuncios
Esta entrada fue publicada en Uncategorized y etiquetada , , . Guarda el enlace permanente.

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s